quarta-feira, 27 de março de 2013

Photo Of The Weekend 27-03-2013

Depois da Tempestade...





Vem a bonança!
 Semana de Selecção Nacional, semana de Qualificação para o Campeonato do Mundo de 2014.
Portugal começou muito mal a semana da selecção; No primeiro jogo, que levou Portugal até Israel, a Selecção Portuguesa mostrou ser uma selecção muito fraca, sem conseguir criar grandes jogadas de perigo e com muitos bombeamentos de Bruno Alves para a frente. Portugal não mostrava assim o seu tipo de jogo: posse, passes, tabelas, profundidade.... Mal ofensivamente e, talvez devido a pressão alta do meio campo, com algumas dificuldades para controlar os contra-ataques de Israel.

No segundo jogo, frente ao Azerbaijão, Portugal já conseguiu mostrar melhor o seu tipo de jogo. Sem Cristiano Ronaldo, castigo devido a acumulação de amarelos, Vieirinha e Danny foram importante na dinâmica ofensiva. Moutinho como um falso 10 conseguiu criar algumas jogadas de perigo. Hélder Postiga, devido a sua qualidade de passe (pena a falta de qualidade de finalização), e Fábio Coentrão, foi ele quem fez toda a ala esquerda, foram dois jogadores também muito importantes neste jogo.

Portugal está assim em terceiro lugar com os mesmos pontos que Israel.








Classificações Feminino

São estas a classificações com maior importância no Futebol Feminino Nacional, de momento.

Notas:
  • Valadares Gaia, oficialmente esta época, só conhece a vitória.
  • A-dos-Francos, oficialmente esta época, só conhece a vitória.
  • Atl. Ouriense estava no Campeonato de Promoção (2ª divisão) a época passada.
  • 1º Dezembro tem 12 campeonatos conquistados e há 11 épocas consecutivas que eleva esse símbolo. Terá chegado ao fim a hegemonia?

sábado, 23 de março de 2013

Paulo Bento e a sua equipa


A equipa das quinas continua a não jogar nada, nickles, zero, batatoide.
Uma vergonha.
O nosso seleccionador opta pelo discurso que fazia no Sporting antes de ser despedido. Está tudo bem, é preciso é calma, tranquilidade.
E de quem é a culpa? Pergunto eu. Será dos jogadores? Do treinador? Ou serão os nossos adversários que ‘afinal não são assim tão maus’?
Bem, como todos os que jogam contra Portugal se conseguem safar podemos concluir que o problema não reside neles mas sim em nós. Ao que voltamos à pergunta anterior, treinador ou jogadores? Paulo Bento tem a resposta! Segundo ele a culpa foi… nada mais nada menos que… O GOLO MARCADO AOS 2MIN! E pronto… A vergonha contínua

Quem não for ao Brasil para jogar à bola tem dinheiro que chegue para ir para a Tailândia de férias..

sexta-feira, 22 de março de 2013

Godinho Lopes: «Venda por 10 milhões é boa» .... Será?

O Presidente cessante do Sporting quando questionado sobre a transferência de van Wolsfwinkel disse que se tratou de uma boa venda.
Pois! Boa venda? Peço desculpa mas é esta a minha reacção possível! 10 milhões é um valor muito baixo para o potencial do jogador. Num momento como este parece-me a mim (mas quem serei eu? apenas mais um a opinar claro) que a venda de "São Patrício" seria melhor para os cofres e para o plantel do Sporting.

Ora vejamos: Nem que fosse uma proposta de 10 milhões por Patrício já seria uma boa venda. Os guarda-redes não são jogadores em quem normalmente as grandes equipas gastam muito e parece-me a mim que 10 milhões por um guarda redes é um bom encaixe. Vejamos também quem é neste momento o suplente de Patrício no Sporting; parece-me a mim que existe um bom guarda-redes de nome Marcelo Boeck, que é muitas vezes quem mais puxa e quem mais apoia a equipa a partir do banco de suplentes do Sporting. Marcelo Boeck sempre que foi chamado a intervir nunca (pelo menos que eu tenha visto) ficou "mal na fotografia".

Vejamos então o caso de van Wolsfwinkel: Ao que parece o Sporting apenas detinha 35% do passe do jogador o que quer dizer que recebeu menos de 3,5 Milhões de euros nesta venda e se for descontar o que o Sporting gastou para ter o jogador então... Olhando para os possíveis jogadores a substituir o avançado vemos: Ups! Esgaio? Wilson Eduardo? Etock? Viola? Rubio? Nenhum destes tem capacidade para um Sporting! Talvez Wilson Eduardo seja o melhor de todos. Mas o que me parece a mim é que o Sporting terá de ir ao mercado em busca de um avançado melhor. E é aqui a razão do meu descontentamento! É que caso fosse vendido Patrício existiria Marcelo Boeck, assim terão de voltar a investir. E, verdade seja dita, parece-me muito difícil o Sporting comprar um bom avançado com o dinheiro recebido da venda de van Wolsfwinkel.

Nota final: Não sei até que ponto é verdade a existência de uma proposta por Rui Patrício. A verdade é que pode muito bem ter sido inventada para calar o descontentamento dos adeptos sobre a venda, já oficial, do avançado do Sporting. Mas se assim for, parece-me que não foi bem pensada...


quinta-feira, 21 de março de 2013

Agora ou Nunca?


Sábado realizam-se em Alvalade, arrisco a dizer, as mais importantes eleições presidenciais da história do clube leonino. O Sporting está numa situação financeiramente ingovernável e enfrenta a pior época futebolística de sempre ao ficar arredado do titulo muito cedo e ao sair de todas as competições a eliminar pela porta pequena (Taça da Liga, Taça de Portugal e Liga Europa). Luta, nesta altura, por um lugar europeu ou talvez, mais realisticamente  por não fazer pior do que o seu eterno rival que teve o 6º lugar como pior classificação. As modalidades do clube estão, apesar das graves dificuldades financeiras, a aguentar a pressão, tendo o futsal como expoente máximo - a equipa leonina está a fazer uma época fantástica, tendo 21 vitórias em 21 jogos do campeonato - .

Os três candidatos - Bruno de Carvalho, José Couceiro e Carlos Severino - terão, a meu ver, de ter pulso para cortar definitivamente com o passado e arrancar com um novo Sporting (um pouco à imagem do que se devia fazer com o País). Não se podem permitir mais desvarios e deve reinar o bom-senso, ponderação e união. Três ingredientes que não estiveram presentes no, felizmente curto, mandato de Godinho Lopes.
A dança de directores, treinadores e jogadores foi tal que duas ou três páginas deste blog não chegariam para enumerar as pessoas que passaram pelo Sporting nos seus dois anos de mandato. Atrás de si, deixa um resto de "destruição" que concluiu com toda a pompa e circunstância - Vendeu Ricky van Wolfswinkel ao Norwich por 10 milhões de euros par pagar salários. E quem vier a seguir, que se desenrasque.

Não conheço a fundo os projectos que estão em discussão e mesmo que fosse caso disso não expressava a minha possível preferência. Mas deixo uma mensagem aos sócios do Sporting: Exerçam o direito de voto em consciência e não deixem morrer um dos grandes de Portugal. 

É agora ou, talvez, Nunca. 

quarta-feira, 20 de março de 2013

Entrevista da RTP a José Mourinho

José Mourinho deu uma entrevista a RTP onde falou sobre o estado de Portugal e falou de irregularidades na votação de melhor treinador do Mundo pela FIFA.

Vejam toda a entrevista!


terça-feira, 19 de março de 2013

O que resta do campeonato em perspectiva



Faltam apenas sete jornadas para o final do campeonato da Liga Portuguesa. Praticamente certo é neste momento que apenas Benfica e Porto têm hipóteses para vencerem este campeonato. Numa altura em que o Porto está a 4 pontos do 1º classificado Benfica, e já não depende apenas de si para vencer, os actuais campeões nacionais terão de esperar que o adversário tenha algum deslize. Só assim o FC Porto pode vencer esta época. Olhando para o que resta de campeonato pode ver-se que ambas as equipas ainda terão jogos difíceis pela frente.

Como é possível ver pela imagem o Benfica tem pela frente ainda em sua casa Rio Ave (próxima jornada a seguir aos jogos das selecções, momento em que sempre existe alguma quebra no tipo de jogo do Benfica), o sempre difícil Sporting (derbi é derbi e o jogo que o Sporting fez com o Porto é uma prova que este Sporting ainda pode decidir este campeonato). Terá ainda de ir a Madeira defrontar o Marítimo, equipa que tirou pontos ao Porto na última jornada, e terá ainda de ir a casa do Porto. O Porto por sua vez terá de defrontar fora o Paços de Ferreira na última jornada, a Académica já na próxima jornada e terá de voltar a Madeira, desta vez para defrontar o Nacional. Terá em casa um jogo contra o SC Braga e com o Benfica. Caso as coisas de mantenham até a 29ª jornada o Benfica pode festejar o título na casa do adversário se conseguir pelo menos um ponto na casa dos Dragões.

O Benfica está neste momento ainda em três frentes e o presidente dos Benfiquistas já veio dizer que o Benfica vai lutar para vencer todas as frentes. Mas claro é desde o início da época que o objectivo central passava pela conquista do campeonato. Jorge Jesus tem feito até ao momento uma grande rotação da equipa, conseguindo vitórias a nível externo jogando algumas vezes com segundas linhas. Mas na fase em que está terá de decidir se quer tentar conquistar a Liga Europa e jogar com os seus melhores jogadores nesta competição ou se prefere poupa-los para o campeonato. Outro dos objectivos deste ano sempre foi também a conquista da taça de Portugal. Mas ai não vejo contras pois é "um jogo por festa". Acredito que a pior fase para o Benfica, a fase com maior número de jogos por semana já tenha passado, mas existem decisões neste momento a tomar que são de extrema importância e que vão influenciar o que se vai passar no resto do campeonato por parte da equipa de Lisboa.

Nada está decidido até ao momento e ninguém pode já "encomendar as faixas de campeão". Espera-se um grande final de campeonato este ano.

segunda-feira, 18 de março de 2013

Photo Of The Weekend 18-03-2013

 
Esta semana o momento da Jornada foi claramente o empate do Porto no Funchal, frente ao Marítimo. Jogo onde Jackson Martínez voltou a não fazer das suas e a falhar um penalti. São já 4 o número de penaltis falhados pela avançado portista. Porto fica assim a 4 pontos do 1º lugar ocupado pelo Benfica.


PS: Com este post não estou a dizer que Jackson Martínez é um mau jogador nem mau avançado. O ponta de lança do Porto é um grande jogador e o número de golos que já marcou ajudam a perceber isso. Aliás Jackson é um jogador importante para o processo ofensivo do Porto e não é só a finalização que faz deste um bom jogador. Referir também que a selecção do marcador de grandes penalidades não deve ser feita a pensar em ajudar um jogador a ser o melhor marcador. Isto acontece muito actualmente. Acredito que o Porto tem melhores jogadores para a marcação dos seus penaltis. Um penalti tão importante como aquele não deve ser "desprezado" como foi.

Palestra de Jorge Jesus na Faculdade de Motricidade Humana

Jorge Jesus deu esta semana uma aula na Faculdade de Motricidade Humana para cerca de 300 estudantes. Aula com bastante sucesso e que deve ser ouvida por todos os que se interessam por futebol, em especial para os que aspiram ser treinadores de futebol. Veja aqui na íntegra!  



sexta-feira, 15 de março de 2013

Photo of the Weekend - 15/03/2013


De volta às vitórias! Barcelona consegue voltar às vitórias e consegue dar a volta à eliminatória! Frente a um Milan que pouco conseguiu fazer no jogo, 4 - 0 foi o resultado final num jogo onde Messi, melhor jogador do Mundo de 2012, voltou a aparecer nos jogos, marcando por duas vezes na partida e sendo importante para a conquista de um lugar nos quartos de final da Liga dos Campeões.

quinta-feira, 7 de março de 2013

Benfica ganha, mas...


Benfica jogou hoje a primeira eliminatória dos oitavos de final frente ao Bordéus. Jogo onde, uma vez que o Benfica jogava em casa, se pensava que a equipa da casa iria entrar em campo empenhada em marcar, mas com o desvendar do onze titular do Benfica (algumas surpresas e mudanças não esperadas) ficou a dúvida quanto ao tipo de jogo que seria praticado pelos Lisboetas.

Benfica entra bem durante uns sete minutos! Depois como que entrega o jogo à equipa de Bordéus. Numa fase de jogo equilibrado mas com alguma superioridade por parte do Bordéus, a equipa da casa chega ao 1 - 0 através de um grande remate de Rodrigo Romero, avançado Benfiquista (digo remate e não golo porque a EUFA declarou como autogolo de Carrasso, guarda-redes do Bordéus). Após o golo o Benfica passa a controlar o jogo até ao Intervalo.

Na segunda parte o jogo mantém-se como terminou: Benfica por cima, a controlar e sem conseguir criar grandes lances para golo. Por volta do minuto 70', após todas as substituições de Jorge Jesus, o Benfica, talvez por desgaste físico, passa a não conseguir controlar o jogo e a sofrer para garantir o resultado. Artur volta a ser importante para manter o resultado em 1-0 até ao final.


Destaques:

Artur: Após um lance onde assustou os adeptos das bancadas após deixar uma bola passar por baixo das pernas, voltou a ser importante nos minutos finais, não deixando que nenhum esférico atravessasse a linha de golo.

Luisão: Imperial! Por ele nada passou no 1-contra-1! Sempre ele a cortar os cruzamentos, quer de cabeça, quer de pé esticado.

Roderick: Jogou a 6, no lugar do indisponível por acumulação de amarelos, Nemanja Matic. Segundo a minha opinião, não errou de forma visível, assim como não deslumbrou pelos relvados da luz. Bom jogo do jovem adaptado, por Jesus, ao meio campo.

Rodrigo Moreno: O avançado mais rematador do encontro. Sempre que recebia a bola procurava fazê-la passar a linha de golo.


Varane - O filho pródigo de Mourinho




Muito se tem falado neste jovem, Raphael Varane, e poucos são aqueles que conhecer ao certo este jogador. Nascido a 25 de Abril de 1993, 19 anos, é conhecido recentemente por representar o emblema do Real Madrid, e por estar a realizar uma presente época excepcional, Varane tem vindo a afirmar-se e de jogo para jogo tem mostrado cada vez mais que, apesar de jovem, já é bastante maduro tal como disse o actual seleccionador francês Didier Deschamps: "Com 19 anos, Varane tem uma maturidade fora do normal", impondo-se claramente no eixo defensivo dos madrilistas.

Mas foi desde muito cedo que este jovem tem vindo a demonstrar que a qualidade dos mais novos pode muito ser utilizada comparativamente à qualidade e experiência dos mais velhos. Tudo começou quando tinha apenas 9 anos de idade no ano de 2002, deu os seus primeiros toques, no Centro de Futebol Liévin, num centro de treinos exclusivo para jogadores criados no Nord-Pas-de-Calais, pertencente à equipa do Lens (equipa que milita na 2ª divisão francesa mas que já participou no principal campeonato do seu país),até que foi totalmente integrado as categorias de base do clube principal( o Lens). Em 2008/2009 foi campeão sub-16 e com apenas 17 anos foi promovido aos sub-19. Assinou o seu primeiro contrato profissional antes da época 2010/2011.




No final de outubro de 2010, foi chamado pela primeira vez para treinar com a equipa principal. A lesão de Alaeddine Yahia, para surpresa de todos, abriu as portas para a ribalta. No jogo, que terminou com a vitória do Lens por 2-0 frente ao Montpellier, jogou os 90 minutos. No entanto, Varane não teve continuidade e foi para o banco nos jogos seguintes, contra Olympique de Marseille e Lyon. Ele voltou à equipa titular na derrota por 4 a 1 para o Brest. Em fevereiro de 2011, o seu contrato foi renovado até 2015. Em 8 de maio, marcou o seu primeiro golo profissional no empate 1 a 1 com o Caen. Em 27 de junho de 2011, foi anunciada a sua contratação por seis temporadas pelo Real Madrid, por 10 milhões de euros. Em 24 de setembro de 2011, fez a sua estreia, substituindo Pepe. No seu segundo jogo, contra o Rayo Vallecano, marcou seu primeiro golo, na goleada do Real Madrid por 6 a 2. No clássico contra o  Barcelona, para a Taça do Rei em 2013 marcou o golo do empate da equipa merengue no Santiago Bernabéu, e marcou o terceiro golo na vitória por 3x1 em Barcelona na 2ª mão. 

Este jovem tem futuro, e Mourinho tem dado oportunidade a Varane para que este mostre o seu valor, que tem sido reconhecido, e hoje todos conhecem este prodígio. Vamos ver se se consegue afirmar na equipa titular do Real por muito mais tempo, e pelas suas actuais exibições vai ser um jogador muito difícil de abdicar, pois apesar de jovem tem mostrado que a sua concentração, dedicação e empenho podem prevalecer perante um jogador mais experiente. Acredito seriamente que se este jovem já se encontra com este potencial numa fase em que está a iniciar a sua carreira como jogador profissional, terá certamente um futuro brilhante à sua frente.

quarta-feira, 6 de março de 2013

Diego Costa afinal...na Seleção Brasileira




Pois bem... todos sabem quem é este jovem promissor!?! Diego Costa de seu nome, forte atacante do Atlético de Madrid, que tem vindo a mostrar de ano para ano o seu valor, e isso faz com que este jovem esteja na mira de alguns dos maiores clubes europeus.

Diego tem neste preciso momento 6 golos esta época, 4 na Primeira Liga Espanhola e outros 2 na Liga Europa. Mesmo tendo poucos golos, este jogador trabalha bastante para a equipa, movimenta-se bem, é um jogador possante fazendo valer do seu físico, recuperando muitas bolas, e bastante bom a receber a bola de costas para a baliza não desfazendo o facto de ser veloz. O seu nome não lhe é estranho?...É muito normal, este jovem passou por Portugal. Veio para o SC Braga onde logo na primeira época foi emprestado ao Penafiel, clube que actuava e actua na 2ª divisão, pois como não estava habituado ao futebol europeu e ao futebol português, o clube assim o entendeu. E passados 6 meses, isto é, a meio do campeonato, a sua qualidade fez-se valer e juntou-se à equipa principal do Braga, mostrando os seus dotes que maravilharam tanto o clube bracarense como os clubes europeus.

E assim foi, no final da época, o Braga não o conseguiu segurar e num ano deu logo o salto para o campeonato espanhol, para o Atlético de Madrid de Maniche, Simão Sabrosa e Zé Castro. Mas não foi primeira escolha  pelo Atético e acabou por ser emprestado a vários clubes do país como o Celta de Vigo, Albacete, Valladolid e Rayo Vallecano, nunca desistindo do seu sonho de chegar à primeira equipa e assegurar o seu lugar nas opções do treinador principal. Começou algumas épocas com o grupo principal do Atlético de Madrid, mas devido à sua pouca utilização e estando na sombra de jogadores como Fórlan, Kun Aguero e Reys, nunca teve muitas oportunidades de mostrar a suas qualidades.
Mas estas qualidades foram visíveis, nos clubes para os quais foi emprestado, fazendo a diferença por onde passou, dando o atlético um voto de confiança a este jovem no início de cada época devido ao esforço e dedicação demonstrados.
E a sua persistência fê-lo chegar ao topo, e hoje é uma das principais figuras do Atlético, sendo um jogador que pelas suas capacidades tem vindo a jogar com regularidade nesta presente época, com um compatriota de grande qualidade como Radamel Falcão.

Esta história não acaba aqui meus caros, Diego Costa pelo seu percurso e actual forma tem vindo a dar nas vistas, e colocou-se a hipótese de este representar  "La Roja", pois Del Bosque proferiu rasgados elogios ao jogador, expressando total agrado em contar com o atleta visto que este nunca representara a selecção do seu país natal, o Brasil.

Ironia do destino...passados poucos dias de Del Bosque estar interessado em Diego, eis que o Sr. Scolari, convoca o mesmo para a selecção canarinha, engraçado não acham? De repente fala-se nele como se fosse um jogador de outro mundo, e só quando foi posto à prova para poder ir para outra selecção é que é convocado para a selecção brasileira, enfim...que dizer desta gente. Que ele tem valor tem, mas fazer uma coisa destas é de bastante mau gosto.

Em abaixo apresento a convocatória do Brasil:



Guarda-redes:

Diego Cavalieri (Fluminense)
Julio César (Queens Park Rangers)

Defesas:

Daniel Alves (Barcelona)
Marcelo (Real Madrid)
Filipe Luiz (Atlético de Madrid)
Dedé (Vasco)
Dante (Bayern München)
David Luiz (Chelsea)
Thiago Silva (PSG)

Médios:
Hernanes (Lazio)
Fernando (Grêmio)
Kaká (Real Madrid)
Lucas (PSG)
Luiz Gustavo (Bayern)
Oscar (Chelsea)
Paulinho (Corinthians)
Ramires (Chelsea)
Jean (Fluminense)

Avançados:

Neymar (Santos)
Fred (Fluminense)
Hulk (Zenit)
Diego Costa (Atlético de Madrid)

A Magia do Futebol


O dia de ontem foi longo. Longo porque só as 19:45 começava um dos grandes jogos do futebol mundial. Manchester United e Real Madrid disputavam a segunda mão dos Oitavos de Final da Liga dos Campeões. Mas soube a final. Os 'Reds" tinham conseguido um importante empate a uma bola no Santiago Bernabéu, que lhes dava vantagem. Os 'Blancos' tinham de marcar em Old Trafford.
No fim, o resultado foi 2-1 para a equipa de Madrid, possibilitando assim aos Madridistas continuar em prova, deixando o United pelo caminho.
Mas não vou falar do jogo nem dos casos de arbitragem que deram e vão continuar a dar que falar.
Trago-vos a resposta para uma pergunta frequente: porque é que o futebol é o desporto-rei?

O ambiente em Manchester era tenso. Um "filho da terra" voltada a casa para defrontar o clube que o projectou. Para muitos considerado o melhor do mundo, todos sabiam que Ronaldo podia a qualquer momento resolver o jogo e deixar a sua antiga equipa, aquela que lhe deu tudo, fora da Liga dos Campeões.
Minutos antes do apito inicial, foram apresentados os onzes. Um por um, os jogadores do United foram aplaudidos. Chegou a vez dos jogadores visitantes. As reacções eram mistas, ora aplaudidos ora assobiados. Até chegar Ronaldo. O Speaker dá o mote "And Now, Welcome Back Cristiano Ronaldo!". O público, de pé, aplaude o seu (antigo) ídolo que, ainda à duas semanas, tinha marcado o golo do empate frente ao Manchester. Ronaldo disse, no fim do jogo, que pela primeira vez na sua carreira o ambiente afectou-o. Não era para menos. Já na segunda parte, Ronaldo fez o segundo golo do Real que carimbou a passagem da equipa espanhola para a próxima fase. Não festejou. Apenas levantou os braços, com as mãos abertas. Pediu desculpa, rapidamente aceites.

Mourinho disse no final do jogo que a melhor equipa perdeu. Foi verdade. Em muito contribuiu a expulsão de Nani (injusta, a meu ver) ainda com o resultado de 1-0 favorável ao United. Minutos depois desse acontecimento, o técnico português em pleno calor do jogo segredou algo a Sir Alex Fergunson. Só eles sabem de que se tratou. Mas quase que aposto que Mourinho pediu também perdão ao escocês pelo terrível erro que o árbitro cometeu e que condicionou o jogo, apesar de não ter culpa. Mais um gesto bonito, mais uma acção que diferencia os grandes das lendas.

Hoje, ia no autocarro e ouvi dois jovens, senhores dos seus oitenta e tal anos falar da partida da noite anterior. Ambos concordaram que estiveram frente a frente duas grandes equipas e que qualquer uma delas merecia passar à próxima fase. Referiram Giggs, um miúdo que apesar de ter 1000 jogos nas pernas, continua a jogar de uma maneira irrepreensível  E ainda agora renovou por mais uma época.
Falavam do jogo como experts, melhor e de maneira mais simples do que muitos "paineleiros" que passam a semana na televisão. Esta é a essência do jogo. Dois compinchas que se juntam e discutem futebol.

E é isto, meus amigos, é que faz o futebol o desporto-rei.

 

Ryan Giggs atinge os 1000 jogos com a camisola dos Red Devils




É notável como um jogador com quase os seus 40 anos, ainda joga numa das melhores equipas do mundo, atingiu os 1000 jogos!!!! Que feito! E ainda joga a titular, jogando a um nível impressionante e invejável para muitos jovens. Todos sabem de quem falo, é esse mesmo, o eterno Ryan Giggs, que continua a fazer brilhar os olhos de cada adepto do futebol e do Manchester que a meu ver é a melhor equipa em Inglaterra. Passaram-se 12 anos da sua estreia em que Giggs estreou-se num jogo com o Everton, em Old Trafford a 2 de março de 1991, entrando para o lugar de Denis Irwin, mas sendo incapaz de impedir a derrota por 0x2. E isto foi o início de uma carreira de sucesso e título, que o fez tornar no jogador com mais títulos por um clube. Acredito seriamente que Giggs ainda jogue mais um ou dois anos, mas quem sabe se joga até mais 4 ou 5 anos, ou se acaba no final da época? Pois...teremos de esperar para saber. Homem humilde, lutador, ambicioso e respeitador, um jogador que nunca iremos esquecer, pela sua forma de jogar e fazer jogar, Ryan Giggs uma lenda mundial!

terça-feira, 5 de março de 2013

Photo of the Weekend - 05/03/2013


Duas vitórias em três dias. O Real Madrid de José Mourinho voltou a vencer o Barcelona,  desta vez para o campeonato e por 2-1. Os Blancos jogaram com a "2ª Linha, Ronaldo até começou no banco mas mesmo assim chegou para um Barça sem ideias e em claro défice de forma. Apesar da vitória, estão a 13 pontos dos Blaugrana no campeonato.
Hoje joga-se o apuramento para os Quartos de Final da Champions, com o Real a visitar Old Trafford depois do empate a uma bola no Santiago Barnabéu.